Lá se pensam, cá se fazem.

SuriCare

O Sr. Mário, 69 anos, viaja com frequência de carro até à sua aldeia natal. Contudo, desta vez, engana-se no caminho e perde-se. O Sr. Mário, perdido, pede ajuda à família através do telemóvel, mas não consegue explicar onde se encontra. A família começa a desesperar e pede ajuda às autoridades, mas sem resultados. Passam alguns dias e o Sr. Mário continua sozinho, perdido, com muita fome e muita sede. Entretanto o telemóvel do Sr. Mário fica sem bateria. Passam 8 dias. A familia do Sr. Mário desespera e perde a esperança de o encontrar com vida. Felizmente, um experiente pastor, conhecedor das montanhas, encontra o Sr. Mário e fornece as indicações do local à família. O reencontro é arrepiante. O desespero sentido anteriormente só é comparável à emoção do reencontro. O Sr. Mário está vivo, foi tudo um grande susto. Casos como estes repetem-se um pouco por todo o país e mesmo por todo o mundo. Ainda recentemente a Sra. Sabine Moreau, 67 anos, conduziu mais de 900km, atravessando vários países, porque confiou nas indicações “cegas” do GPS do seu carro, quando apenas queria ir buscar uma amiga a Bruxelas, a cerca de 45km de casa. Mesmo com um desfecho feliz, situações como as vividas pelo Sr. Mário e pela Sra. Sabine causam sofrimento aos próprios, bem como aos seus familiares que se preocupam com a sua segurança e bem estar, apesar das distâncias que muitas vezes os separam. E foi precisamente a pensar em todos os Srs. Mários, Sras. Sabines e respectivas famílias que idealizámos a solução, à qual demos o nome Suricare. A Suricare é uma solução de monitorização e apoio a pessoas idosas à distância que reforça a autonomia e auto-confiança dos seus utilizadores, ao mesmo tempo que contribui para a tranquilidade das respectivas famílias. A solução Suricare funciona simplesmente através da disponibilização de um telefone móvel equipado com uma aplicação de monitorização perfeitamente adaptada à utilização sénior. Este equipamento móvel passará a ser o companheiro inseparável do idoso e, tal como um verdadeiro suricata, estará sempre vigilante. Como um fiel companheiro, este suricata virtual, alerta proactivamente os seus amigos, neste caso o Sr. Mário e os seus familiares, em caso de perigo iminente. Para que os familiares recebam os alertas terão igualmente de instalar a aplicação de monitorização nos seus telefones móveis, ou, em alternativa subscrever o serviço de monitorização 24h disponibilizado pela Suricare. O suricata virtual da solução Suricare estará “treinado” para monitorizar e alertar para as seguintes situações, em tempo real: Localização geográfica: permite ao Sr. Mário partilhar activamente ou passivamente a sua localização, em tempo real, com a família. Transposição de zonas geográficos: permite avisar a família da Sra. Sabine na eventualidade de ela se afastar muito de Bruxelas, a sua zona geográfica “habitual”. Alerta de Queda: em caso de queda, detectada automaticamente pelo acelerómetro do próprio telemóvel, a família do Sr. Mário receberá um alerta. Se a família não actuar, a equipa de suporte da Suricare avaliará a situação e poderá solicitar o envio de meios de emergência para a localização geográfica do Sr. Mário. Alerta de Pânico: se a Sra. Sabine se aperceber que está perdida e longe de casa pode carregar no botão de pânico para entrar em contacto imediato com um familiar ou na sua ausência, com a equipa de suporte da Suricare. Consulta médica ou toma de medicação: o Sr. Mário é alertado com a necessária antecedência para a próxima consulta médica ou para a próxima toma de medicação. Se o Sr. Mário não confirmar que foi à consulta ou que tomou o medicamento, a aplicação notifica os familiares ou a equipa de suporte da Suricare. Pouca bateria no telemóvel: é essencial alertar o cidadão senior ou a família para a necessidade de alimentarem o “suricata”, isto é, a bateria do telemóvel, para que a aplicação possa estar sempre activa e vigilante. A equipa Suricare pretende ainda “treinar” o suricata virtual para ser útil noutras situações. Contudo, por agora, a nossa prioridade é reunir os apoios necessários para disponibilizar o mais rapidamente possível a solução que idealizámos para ajudar os Srs. Mários, as Sras. Sabines e respectivas famílias.

Sergio Legrant

Visionário
Montreux, Suíça

Sergio Alves

Facilitador
Porto, Portugal

Sérgio Pinto

Facilitador
Lisboa, Portugal

Rodrigo Coelho

Facilitador
Lisboa, Portugal

Ines Brito

Facilitador
Porto, Portugal

Comentários