Lá se pensam, cá se fazem.

SPEAK - Building societies that accept, value and empower cultural diversity

A exclusão sócio-cultural é transversal a várias cidades de Portugal e do mundo. Este problema social existe devido a várias causas como a incompreensão cultural, ignorância ou estigmas. As consequências deste problema são diversas: xenofobia, criminalidade, desemprego e muitas outras. As comunidades de culturas ou nacionalidades diferentes tendem a isolar-se sobre si mesmas. Não há oportunidades de encontro para conhecer o "outro" e, mesmo que houvesse, a barreira linguística acabaria por reforçar esta dinâmica de isolamento sócio-cultural. Além disso, as sociedades estão também a desperdiçar o potencial que existe na diversidade cultural. Há problemas transversais a todo o globo, problemas que pertencem não só a um povo, mas a todos os que vivem neste mundo. Estes problemas não respeitam fronteiras e as suas soluções exigem colaboração multicultural. O SPEAK foi criado com o objectivo de resolver este problema de exclusão sócio-cultural e tem duas dimensões: SPEAK SOCIAL - é um programa de partilha de conhecimentos linguísticos e culturais onde qualquer um se pode voluntariar para ensinar uma língua e cultura do seu conhecimento em troca da participação como aluno de uma nova língua e cultura. Um tutor de uma turma pode ser o aluno de outra. Estas turmas têm pessoas de diferentes origens a aprender uma língua e cultura em comum. Ao longo deste processo de aprendizagem, os participantes conhecem o "outro", aprendem e exploram interesses comuns, quebram-se preconceitos, equívocos e promove-se a compreensão e cooperação entre as culturas. Em paralelo às aulas, existem eventos sociais onde há espaço para o diálogo, festa e amizades. A solução do problema não está na aprendizagem da língua/cultura do outro. A solução são as pessoas. São todos os participantes que vão para o SPEAK aprender e ensinar as suas línguas/culturas e que se entregam à experiência SPEAK. São eles que depois, levam para casa e para todos os lugares que percorrem esta aceitação e valorização pela diferença e pelo “outro.” O SPEAK PRO é a dimensão do projeto que garante a sustentabilidade do SPEAK. É uma escola de baixo custo com formatos de cursos inovadores. O SPEAK SOCIAL também oferece aos seus tutores um programa de capacitação focado no desenvolvimento de competências pedagógicas. O objectivo é assegurar a qualidade do programa e ajudar estes tutores a “migrar” do SPEAK SOCIAL para o SPEAK PRO, dando-lhes uma oportunidade trabalho remunerada. O SPEAK está desenhado de forma a alcançar a sua sustentabilidade através do rendimento gerado pelo SPEAK PRO. Esta independência financeira permite focar o nosso trabalho no impacto social, qualidade do projecto e escala. www.speakafa.org

Hugo Menino Aguiar

Visionário
Dublin, Irlanda

Ricardo Figueiredo

Facilitador
Leiria, Portugal

Alina Shevchenko

Comunicador
Leiria, Portugal

Maryse Lopes

Facilitador
Leiria, Portugal

Raul Testa

Comunicador
Leiria, Portugal

Cátia Pereira

Facilitador
Leiria, Portugal

LILIANA RIBEIRO

Comunicador
PORTO, Portugal

Andreia Lopes

Comunicador
Santa Maria da Feira, Portugal

Filipa Botas

Facilitador
Leiria, Portugal

Natalia Blaszczyk

Comunicador
Lisboa, Portugal

Miguel Romano

Facilitador
Cascais, Portugal

Comentários