Lá se pensam, cá se fazem.

Gira - A gola que dá a volta

Segundo os Censos 2011 cerca de 600.000 pessoas em Portugal são portadoras de deficiência e cerca de metade (300.000) têm problemas motores, paralisia cerebral ou outros que provocam hipersalivação ou dificuldades de mastigação e deglutição. Por outro lado o número de idosos com doenças degenerativas e demências tem vindo a aumentar nas ultimas décadas. Todas estas pessoas têm de usar no dia-a-dia uma peça que só lhes aumenta o estigma social: um babete. Até que aparece a GIRA. A gola GIRA além de ser gira, gira à volta de uma causa. Uma causa que quer resolver 2 problemas: • a exclusão social associada à hipersalivação e refluxo, sintomas de várias patologias e deficiências, independentemente do sexo, idade ou género; • a escassez de estruturas de empregabilidade e de capacitação para cidadãos com deficiência em Portugal. A gola GIRA é uma peça discreta de design inclusivo, lavável, absorvente e criada a partir de produtos reciclados que pessoas portadoras de deficiência, idosos, desportistas e todos os que gostam de moda podem usar. A proposta de valor da GIRA é ser uma solução de inclusão ao mesmo tempo que cria as bases de um negócio social sem fins lucrativos cujas receitas revertem para a causa. O processo de produção da GIRA envolve jovens com dificuldades intelectuais e desenvolvimentais entre os 18 e os 35 anos com capacidade de adquirir competências ao nível adaptativo que lhes permitam exercer autonomamente uma actividade profissional. Esta ideia nasceu da vontade de uma criança – o Francisco – de não querer usar babete e tem a ambição de unir todo o país em volta de uma causa que poderá ser um negócio social que, além de vencer fronteiras de estigmas, pode ter um impacto social universal através de uma loja on-line que servirá pessoas com hipersalivação e refluxo em todo o mundo, independentemente do seu sexo, idade, raça ou religião. O BIPP - Banco de Informação de Pais para Pais, uma Instituição Particular de Solidariedade Social, que visa a PLENA INCLUSÃO das pessoas com necessidades especiais na SOCIEDADE e a Blindesign, atelier com experiência no desenvolvimento de produtos com pessoas, para e com pessoas institucionalizadas são os parceiros que irão desenvolver a gola GIRA. O apoio pedido ao Ideias de Origem Portuguesa irá sustentar a gola GIRA em todo o seu processo, o que engloba a criação de uma oficina de produção (espaço já existente) e ainda: Recursos Humanos (remunerações e/ou aquisição de serviços, incluindo especialistas, consultores e outros técnicos, estritamente necessários à concretização do projecto); Aquisição de Equipamento de Costura; Aquisição de Mobiliário; Aquisição de Equipamento Informático; Monitorização/Avaliação; e Material de Divulgação. GIRA é mais do que uma gola, é um movimento, uma causa, um ciclo sustentável que dá a volta a um problema e ao pescoço de quem saliva em excesso ou de quem se apaixonar por esta ideia. GIRA, a gola que dá a volta.

Joana Santiago

Visionário
Lisboa, Portugal

Rita Melo

Comunicador
Lisboa, Portugal

Maria Tanger

Facilitador
Londres, Reino Unido

Ricardo Henriques

Facilitador
Lisboa, Portugal

Comentários